Saiba como construir um banco de talentos de sucesso em sua empresa

A grande finalidade do armazenamento desses currículos é permitir que a organização possa encontrar um profissional que traga exatamente as atribuições necessárias para preencher uma vaga, sem precisar recomeçar todo o processo de recrutamento novamente.

Neste post, trazemos as etapas para que você possa montar um banco de talentos. Confira!
Armazene as informações digitalmente

Mesmo que a empresa receba os CV’s em papel, digitalize todos. O armazenamento pode ser feito em um software específico ou na nuvem, porém deve ser de fácil acesso e permitir pesquisas por palavras-chave para facilitar que os perfis sejam localizados com rapidez.

Guarde os melhores currículos das seleções anteriores

Armazene os documentos profissionais que já passaram por processos seletivos, mas que por algum motivo não foram contratados. Certamente essas pessoas foram selecionadas em algumas triagens, o que as torna mais propensas a ocupar um cargo na empresa com excelência. Dessa maneira, a organização consegue realmente eliminar algumas etapas do recrutamento e otimizar custos.

Crie divisões para organizar os currículos

Para funcionar, o banco de talentos deve ser ágil e bem-ordenado. A fim de efetivar isso, você pode criar pastas ou etiquetas para classificar os CV’s, ajudando assim a encontrar o perfil necessário por habilidade, competência ou formação.

Mantenha o banco de talentos atualizado

Currículos antigos certamente estão bem desatualizados e não são interessantes para a empresa. Você pode tentar entrar em contato com os profissionais e pedir a atualização desses dados, ou simplesmente descartar esses documentos, mantendo seu banco de talentos sempre alimentado com informações mais recentes. Não se esqueça, de tempos em tempos, de fazer buscas para identificar conteúdos em duplicidade ou perfis incompletos.

Utilize as redes sociais

Os interessados usam cada vez mais a internet para se candidatar a vagas de emprego. Você pode aproveitar as redes sociais para fazer esse recrutamento. Sites, como o Linkedin, permitem que os profissionais enviem os perfis para trabalhar na sua empresa, com a vantagem de que esses dados são atualizados constantemente.

Faça backups periódicos

Você pode estabelecer algumas datas durante o ano para fazer um backup completo de todo o banco de talentos, evitando que informações importantes se percam e que o trabalho seja desperdiçado.

Tal armazenamento pode ser feito na nuvem ou em dispositivos móveis. Se você usa um software de RH para guardar esses dados, confira com o fornecedor se há possibilidade de gravá-los também externamente. Assim, você tem uma cópia deles se decidir mudar de ferramenta ou enfrentar problemas com o programa.

Com esses cuidados, consegue montar e manter um bom banco de talentos para a sua organização, ganhando muito tempo quando precisar preencher alguma vaga. São tarefas simples, mas que impactam profundamente os processos seletivos.

Se você quer mais informações sobre gestão de pessoas e RH estratégico, siga os nossos perfis no TwitterFacebookInstagram YouTube.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.