Habilidades do futuro: Construindo o desenvolvimento profissional em um local de trabalho flexível

Grandes líderes nascem ou são feitos? Muitos diriam que eles são feitos – por meio de experiência com curadoria, o impulso constante para desenvolver habilidades e conhecimentos e assumir com confiança o próximo grande desafio. Como 2020 nos mostrou, ter a flexibilidade para se ajustar rapidamente às mudanças está se tornando uma das habilidades mais importantes do futuro.

Utilizar dados e tecnologia para aprofundar a compreensão sobre a força de trabalho e descobrir o que os funcionários precisam para serem eficazes em suas funções, é uma das principais formas de saber com efetividade tais informações.

Ao nos atentarmos se os líderes empresariais estão preocupados em se suas equipes de RH estão investindo em pessoas, ao entender que todos os funcionários têm uma escolha – eles optam por vir trabalhar para sua empresa ou, eles irão para outro lugar.

O principal motivo pelo qual uma pessoa sai de uma empresa, está voltado para sua carreira. Quer isso signifique uma promoção ou uma oportunidade ampliada, as pessoas desejam crescimento profissional. Cada indivíduo conduz sua carreira, mas há um grande papel que um gerente e a empresa desempenham nessa jornada.

A outra coisa que influencia isso, é a mudança. O cenário de negócios muda mais rápido do que nunca e se o RH e os líderes não ajudarem os funcionários a obter as habilidades e o conhecimento de que precisam à medida que se evolui como empresa, a chance de obter sucesso cai drasticamente. Parece tão óbvio quando pensamos sobre isso, mas às vezes é necessário ter que dar um passo para trás e pensar: temos que cuidar, alimentar e investir para o futuro.

 É por isso que os líderes se preocupam. Porque, em última análise, não podemos fornecer produtos e serviços para nossos clientes, a menos que invistamos em talentos.

Por conta da Covid-19 houve uma grande virada de jogo para a forma como trabalhamos, e ainda está evoluindo, mas como os líderes e empregadores podem permanecer flexíveis nesta época de mudança e a flexibilidade no local de trabalho se tornou essencial.

Existem três coisas que se destacam para mim em termos do que mudou, elas são:

A primeira está funcionando 100% virtualmente. Não teríamos imaginado que isso seria possível. Ter que trabalhar de uma forma muito diferente em grande escala. Claro que vieram as dificuldades, mas também mudou profundamente a forma de como as empresas vão operar no futuro.

Em termos de flexibilidade, o que descobrimos é que as pessoas querem ter o poder da escolha. Alguns funcionários preferem estar em um espaço físico, com conexão social ou porque a sua casa não é propícia para o trabalho. Outras ficam entusiasmadas por não precisar se deslocar, por ter menos interrupções em casa e querer continuar trabalhando remotamente. Esse é um grande tema – como fornecemos essa flexibilidade que ainda funciona para os empregos que temos?

Ao analisar funções que podem ser 100% remotas, a pergunta que podemos fazer é: “O que o indivíduo que desempenha essa função deseja?” Essa interseção é muito importante. A forma como operamos em março de 2022 será completamente diferente de como operávamos em março de 2020.

“As conversas sobre saúde mental e bem-estar continuarão e se tornarão parte da função de um gerente”

O segundo tema é o surgimento da atenção plena e da saúde mental no local de trabalho. Costumávamos pensar nisso como um benefício. Agora, ouvimos de gerentes o tempo todo que eles estão gastando mais tempo em conversas com seus funcionários que não são apenas: “Como você está?” mas “Como você está realmente? Como posso apoiá-lo, dado tudo o que está acontecendo? ” Não vemos isso indo embora. As conversas sobre saúde mental e bem-estar continuarão e se tornarão parte da função de um gerente de ter conversas abertas com seus funcionários.

Em última análise, essas conversas são sobre o envolvimento, a produtividade, o desempenho do funcionário e como ele deseja crescer com a empresa.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.